We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

PRIMEIRA FASE

Pepinos em conserva são escolhidos e comprados com muito cuidado. É necessário ser colhido recentemente (não seco). NÃO tem sinais de doença e ser o maior ou o de tamanho médio, mas é preferível comprar pepinos menores. Outro aspecto que notei: os pepinos verdes mais claros são muito mais saborosos que os verdes escuros.


Compre também alho, folhas de rábano, endro seco e folhas de endro fresco, raízes de aipo, folhas de carvalho, cerejas, groselhas. Apenas sal grosso é usado para decapagem (é estritamente necessário).

ESTÁGIO DOIS


Os pepinos e todas as verduras são bem lavados e é preferível lavá-los em água corrente.

Coloque os pepinos em uma tigela grande ou balde de água fria por 3-4 horas. Durante esse tempo ficam de molho em água, este procedimento é feito para que não fiquem de molho em muita água na hora de morrer.

Durante esse tempo, lave bem os potes de 1 litro ou 3 litros e coloque-os de cabeça para baixo para drenar a água.

Descasque o alho, corte as raízes do aipo em pedaços menores, corte as folhas da raiz-forte em pedaços menores, quebre as folhas dos ramos de carvalho, cereja e groselha.


ESTÁGIO TRÊS

Os verdes são organizados em potes. Em um frasco de 1 litro - ¼ de folha de raiz-forte, um galho com talo de aipo, um galho seco (caule) de endro, 2 folhas de carvalho, 1 folha de cereja, 2 dentes de alho.
Depois corte a cauda em pepinos de 1 cm e distribua os pepinos em potes.


Descrevi as quantidades para o frasco de 1 litro - como de costume, pepinos são conservados em potes de 3 litros. A quantidade de verdura para o pote de 3 l deve ser distribuída de forma que você acabe adicionando verdura no meio do pote e cobrindo por cima. O endro fresco é distribuído em potes conforme desejado (quantos você quiser). Você também pode usar larício, mas nem todo mundo o prefere por seu aroma forte.

Depois de colocar todos os pepinos nos potes de 1 litro, coloque, por cima, mais 2 dentes de alho e uma folha de aipo. Após a distribuição de todos os pepinos e verduras, despejamos a salmoura (água salgada).

É preparado da seguinte forma: a 10 litros de água adicione 250 gramas de alto teor de sal. Mexa bem até que o sal se dissolva. Mas tenha cuidado, aqui chamo sua atenção para alguns aspectos - a escolha da água - se tiver a possibilidade de aproveitar a água da nascente ou do chafariz - é a opção ideal para pickles. Água da torneira - não é igual em todo o lado. É por isso que deixo para você escolher qual água usar. Você pode usar água mineral pura.

O segundo aspecto- uso de sal em picles - Nos últimos anos, notei que o sal tem um sabor diferente, ou seja, a mesma quantidade de sal dissolvido na água dá um sabor mais salgado, ou menos salgado. É por isso que quando o sal se dissolve em água na quantidade proposta - não dissolva no final - O SABOR DEVE SER SALGADO, MAS NÃO MUITO FORTE, PARA NÃO SUPORTAR O GOSTO DA ÁGUA DISSOLVIDA.

É outra solução - ao ferver o moinho obtido, vai ver o sabor - ou vai adicionar mais sal dissolvido na água, ou vai diluir a solução com água limpa.

Os frascos são cobertos com tampas não esterilizadas. Chamo sua atenção, mais uma vez- nenhum vinagre é usado, esses pepinos morrem por conta própria. Os potes de pepino são colocados em um local à parte para fermentação (fervura) e decapagem por 2-3 dias. Não há necessidade de um lugar fresco, pelo contrário - quente.

Durante este período de 2-3 dias, a água salgada muda de cor e APARECE UMA COR PERTURBA, gases (BOLHAS DE GÁS) começam a sair na superfície e são cobertos por uma bolinha branca. É assim que deve ser. Pepinos mudam de cor de VERDE ESCURO para VERDE AMARELO.Acontece de vez em quando que cerca de 10% dos pepinos não mudam de cor. Esse processo é normal, mas não sei como explicar.

Após 2 dias SABOREIE UM PEPINO, se você perceber que está em conserva, eles estão duros e crocantes, então siga as instruções que os descrevem na QUARTA parte. se não - deixe secar bem por outro dia. Tudo depende da temperatura em que os pepinos morrem. Quanto mais quente, mais rápido morre, mas você não precisa se apressar. O tempo de decapagem mais normal é de 2-3 dias.

Só não perca o momento em que os pepinos ficam muito azedos.


ESTÁGIO A PATRA

É muito importante - tudo o que será escrito neste capítulo. Este é o principal segredo para tirar esses pepinos de cena. Existem outros métodos de preservação, mas descreverei o método que utilizo há muitos anos e o resultado é excelente - os pepinos são muito crocantes e de sabor forte - normalmente azedo.

- Despeje todo o moinho (com espuma e a pele branca obtida) dos potes em uma tigela maior. Leve a panela ao fogo normal para ferver o pepino.

- Em outra tigela é necessário ferver água limpa (não importa qual, da torneira ou do chafariz) até ferver. A quantidade - olhe, a quantidade total de litros de potes de pepino e divida ao meio - quase a mesma quantidade de água necessária para ferver.

- Depois de despejarmos cuidadosamente todos os dados dos potes, para que os pepinos e as verduras não caiam do pote, lavamos. Pegue cada jarro de pepino e lave-o em água corrente - encha-o com água fria, mova o jarro com as mãos várias vezes e despeje a água do jarro. Deite mais uma vez água fria e lave bem as verduras e os pickles, para limpar toda a espuma e resíduos obtidos na decapagem dos pepinos.

Para limpar tudo do fundo da jarra, você precisa mover a jarra com água em todas as direções e você verá como tudo sai do fundo da jarra. Os potes de pepino permaneceram limpos de mofo e espuma. As tampas são esterilizadas. FAZEMOS ESTE PROCEDIMENTO PARA VOCÊ OBTER UM MOINHO LIMPO E LIMPO - OLHE A IMAGEM, OLHE A PARTE INFERIOR DO FRASCO. Como de costume, a morte é turva depois de pepinos em conserva. Ao longo dos anos, tentando diferentes métodos, descobri esse método de clarificação do moinho.

ESTÁGIO CINCO

- Eu escrevi acima, que em uma vasilha o moinho ferve, e em outra temos água fervente.

- Coloque uma toalha grande ou uma toalha de mesa sobre a mesa (mais antiga) e espalhe os potes de pepino sobre ela. Junto com o fogão, você deve ter preparado com antecedência: um fundo de madeira maior, um polidor ou uma tigela com uma alça, pois assim você pode facilmente derramar água fervente ou morrer em potes, e alguns guardanapos de linho ou algodão, então você pode mover a jarra quente de um lugar para outro. Também faça com que a máquina feche os frascos com tampas.


O que faremos a seguir?

- Deite água a ferver em potes com pepinos previamente lavados. A água deve cobrir os pepinos. Coloque as tampas e deixe os potes com água fervente por 15-20 minutos para aquecer bem os picles. Lembre-se de que eu disse que os potes precisam estar sobre uma toalha de linho ou toalha de mesa, para que não quebrem a garrafa quando você despeja água fervente sobre pepinos

- Após 20 minutos, pegue com cuidado um jarro, despeje água fervente e coloque no fundo de madeira perto do fogão. Despeje sobre os pepinos. Atenção é importante - A MORTE DEVE COBERTAR BEM OS PEPINOS, MAS PERMANECER 1CM ATÉ A BORDA DO PASCO, OU seja, NÃO COBRIR COM MATRIZ ATÉ A BORDA DO PASTA. ESTE ESPAÇO É NECESSÁRIO PARA QUE O PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE GÁS SE REALIZE DURANTE A CONSERVAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE PEPINOS.

.- coloque a tampa esterilizada e quente e puxe a tampa com o grampeador. Vire cada frasco de cabeça para baixo em um tapete e cubra com um cobertor quente por 2 dias.

- Em 2 dias a colcha é retirada e os potes de pepino são armazenados para o inverno em local fresco.


O resultado disso pode ser visto na foto acima.


Pepinos em salmoura para o inverno

Uma boa porção de pickles não deve faltar em nosso cardápio, principalmente no inverno, quando as migalhas gordurosas estão mais presentes em nossas mesas. Legumes em conserva com sal, como estes pepinos em conserva em salmoura, cuja receita estou escrevendo hoje, trazem sua ingestão de probióticos, tão necessários para ter uma flora intestinal saudável nos intestinos.

Rico em enzimas que nos ajudam a digerir alimentos e probióticos, ou seja, bactérias benéficas que ajudam a regular a flora intestinal, alimentos fermentados, como pepinos em conserva em salmoura, ajuda a melhorar a digestão e, em última análise, a fortalecer o sistema imunológico.

As propriedades anticancerígenas, o elevado nível de vitaminas, a capacidade de povoar o intestino com bactérias benéficas, bem como a capacidade de fortalecer o sistema imunitário, fazem com que os alimentos fermentados não faltem na nossa alimentação diária. Você pode ler mais sobre fermentação de alimentos no artigo que publiquei na Lecturi de Mamica (clique aqui).

Portanto, agora, no início do outono, é bom ter uma boa porção de pickles para colocar na despensa durante o inverno. E os mais úteis são, para serem preservados por fermentação, pepinos.

Quem não ouviu, ou quem não comeu pelo menos um pepino em conserva com sal até agora? E como é bom! Sem falar que é saudável comê-lo ao lado de um bife de porco misto (veja a receita aqui) por exemplo, ou como fica gostoso quando colocado em uma salada de boi (veja a receita aqui)!

É importante lembrar que podemos colocar picles no sal ou no vinagre. Mas quando falamos de alimentos fermentados, não pensaremos naqueles em conserva em vinagre, mas naqueles em sal, porque esse tipo de decapagem favorece a liberação de ácido láctico, que é obtido por meio de um processo biológico, após o qual açúcares como glicose, frutose e sacarose são convertido em energia celular e ácido lático.

Pois é, é este ácido láctico, como disse antes, que mantém as frutas e vegetais em perfeito estado de conservação e ao mesmo tempo promove o crescimento de uma flora saudável no intestino.

Embora pareça complicado colocar picles, saiba que não é grande coisa, basta ter em mente algumas regras que é bom saber quando começar a colher picles e depois começar a trabalhar sem medo.

É por isso que, praticamente, hoje não vou escrever uma receita com as quantidades exatas de ingredientes, mas vou apenas dar algumas orientações e, em seguida, como conservá-los, bem como algumas boas regras a saber. Em seguida, defina as quantidades de acordo com as necessidades.

Seria uma pena, porém, passar o outono e não tentar colocar pelo menos uma jarra de pickles na salmoura para o inverno. Experimente este ano. No próximo ano, tomando coragem, você definitivamente colocará mais.

Para o sucesso dos picles, lembre-se que é necessário preparar diferentes folhas, como vinhas, groselhas pretas, carvalhos, cerejas ou aipo. Os últimos são os mais úteis e, portanto, os mais usados. Estas folhas, pelo seu conteúdo em taninos e diversas substâncias aromáticas, contribuem para uma melhor conservação e aromatização dos pickles.

Além disso, ao preservar picles em geral, o seguinte é essencial:

  • alho - que tem a propriedade de destruir alguns micróbios e contém óleos essenciais que também darão sabor ao preparo
  • sementes de mostarda - que têm a função de prevenir a formação de mofo na superfície dos picles
  • raiz-forte - que tem o papel de fortalecer os picles
  • uma solução de sal com água na proporção de 20 gramas de sal por litro de água, quantidade que pode variar dependendo do tamanho das verduras preparadas em conserva. Também podemos usar uma colher de pesagem. Nesse caso, viriam duas colheres de sopa de sal por litro de água ou uma colher de sopa de sal. Cuidadoso!O sal iodado NÃO é usado para picles, mas sal grande, bruto e grosso.

Os vegetais conservados em salmoura, depois de um tempo mais curto ou mais longo, mudam de sabor, tornam-se azedos, amolecem um pouco e a salmoura torna-se ácida, saborosa e com um aspecto ligeiramente gelatinoso, verde pálido. A mudança se deve à transformação das bactérias do ácido láctico, contribuindo assim para a decapagem de vegetais.


US Search Mobile Web

Agradecemos seus comentários sobre como melhorar Yahoo Search. Este fórum é para você fazer sugestões de produtos e fornecer feedback atencioso. Estamos sempre tentando melhorar nossos produtos e podemos usar os comentários mais populares para fazer uma mudança positiva!

Se precisar de ajuda de qualquer tipo, encontre ajuda individualizada em nosso site de ajuda. Este fórum não é monitorado por quaisquer problemas relacionados ao suporte.

O fórum de feedback de produtos do Yahoo agora requer um ID e uma senha do Yahoo válidos para participar.

Agora você deve entrar usando sua conta de e-mail do Yahoo para nos fornecer feedback e enviar votos e comentários às ideias existentes. Se você não tiver um ID do Yahoo ou a senha do seu ID do Yahoo, inscreva-se para uma nova conta.

Se você tiver um ID e senha do Yahoo válidos, siga estas etapas se desejar remover suas postagens, comentários, votos e / ou perfil do fórum de feedback de produto do Yahoo.


1. Lave os pepinos e coloque-os em uma jarra grande de picles, sem colocá-los de uma determinada maneira. Coloque 4 garfos sob o jarro, com a alça voltada para o jarro, para evitar que o recipiente quebre.
Escalde-os com uma solução de água salgada (1 colher de sopa de sal picles para 1 litro de água). Coloque o celofane na “boca” do pote e amarre.

2. Quando a salmoura da jarra esfriar, escorra-a de volta para a panela em que você a cozinhou e leve novamente à fervura. Entretanto, coloque as castanhas na vertical em potes de 3 L, acrescentando raiz-forte (evita o amolecimento dos pepinos), sementes de mostarda, pimenta, sementes de pimenta da Jamaica e dentes de alho.

3. Coloque os galhos de cereja por cima, para manter as castanhas na salmoura e as sementes de endro.

4. Na salmoura fervente, adicione um copo (cerca de 250 ml) de vinagre para cada 8 L de líquido, depois escalde as castanhas novamente com esta salmoura, com o frasco colocado da mesma forma, em cima de 4 garfos / colheres / facas de metal.

5. Amarre os potes na boca, espere até que os pepinos esfriem completamente e, em seguida, coloque-os em um armazenamento para o inverno.


Pepinos em salmoura para o inverno

Uma boa porção de pickles não deve faltar em nosso cardápio, principalmente no inverno, quando as migalhas gordurosas estão mais presentes em nossas mesas. Legumes em conserva com sal, como estes pepinos em conserva em salmoura, cuja receita estou escrevendo hoje, trazem sua ingestão de probióticos, tão necessários para ter uma flora intestinal saudável nos intestinos.

Rico em enzimas que nos ajudam a digerir alimentos e probióticos, ou seja, bactérias benéficas que ajudam a regular a flora intestinal, alimentos fermentados, como pepinos em conserva em salmoura, ajuda a melhorar a digestão e, em última análise, a fortalecer o sistema imunológico.

As propriedades anticancerígenas, o elevado nível de vitaminas, a capacidade de povoar os intestinos com bactérias benéficas, bem como a capacidade de fortalecer o sistema imunitário, fazem com que os alimentos fermentados não faltem na nossa alimentação diária. Você pode ler mais sobre fermentação de alimentos no artigo que publiquei na Lecturi de Mamica (clique aqui).

Portanto, agora, no início do outono, é bom ter uma boa porção de pickles para colocar na despensa durante o inverno. E os mais úteis são, para serem preservados por fermentação, pepinos.

Quem não ouviu, ou quem não comeu pelo menos um pepino em conserva com sal até agora? E como é bom! Sem falar que é saudável comê-lo ao lado de um bife de porco misto (veja a receita aqui) por exemplo, ou como fica gostoso quando colocado em uma salada de boi (veja a receita aqui)!

É importante lembrar que podemos colocar picles no sal ou no vinagre. Mas quando falamos de alimentos fermentados, não pensaremos naqueles em conserva em vinagre, mas naqueles em sal, porque esse tipo de decapagem favorece a liberação de ácido láctico, que é obtido por meio de um processo biológico, após o qual açúcares como glicose, frutose e sacarose são convertido em energia celular e ácido lático.

Pois é, é este ácido láctico, como disse antes, que mantém as frutas e vegetais em perfeito estado de conservação e ao mesmo tempo promove o crescimento de uma flora saudável no intestino.

Embora pareça complicado colocar picles, saiba que não é grande coisa, basta ter em mente algumas regras que é bom saber quando você começa a colher picles e depois vai para o trabalho sem medo.

É por isso que, praticamente, hoje não vou escrever uma receita com as quantidades exatas de ingredientes, mas vou apenas dar algumas orientações e, em seguida, como conservá-los, bem como algumas boas regras a saber. Em seguida, defina as quantidades de acordo com as necessidades.

Seria uma pena, porém, passar o outono e não tentar colocar pelo menos uma jarra de pickles na salmoura para o inverno. Experimente este ano. No próximo ano, tomando coragem, você definitivamente colocará mais.

Para o sucesso dos picles, lembre-se que é necessário preparar diferentes folhas, como vinhas, groselhas pretas, carvalhos, cerejas ou aipo. Os últimos são os mais úteis e, portanto, os mais usados. Estas folhas, pelo seu conteúdo em taninos e diversas substâncias aromáticas, contribuem para uma melhor conservação e aromatização dos pickles.

Além disso, ao preservar picles em geral, o seguinte é essencial:

  • alho & # 8211 que tem a propriedade de destruir alguns micróbios e que contém óleos essenciais que também dão sabor à preparação
  • sementes de mostarda & # 8211 que têm a função de prevenir a formação de mofo na superfície dos pickles
  • raiz-forte & # 8211, que tem a função de fortalecer picles
  • uma solução de sal com água na proporção de 20 gramas de sal por litro de água, quantidade que pode variar dependendo do tamanho das verduras preparadas em conserva. Também podemos usar uma colher de pesagem. Nesse caso, viriam duas colheres de sopa de sal por litro de água ou uma colher de sopa de sal. Cuidadoso!O sal iodado NÃO é usado para picles, mas sal grande, bruto e grosso.

Os vegetais conservados em salmoura, depois de um tempo mais curto ou mais longo, mudam de sabor, tornam-se azedos, amolecem um pouco e a salmoura torna-se ácida, aromatizada e com aspecto ligeiramente gelatinoso, verde pálido. Mudança que se deve à transformação das bactérias do ácido láctico, contribuindo assim para a decapagem de vegetais.


Receita de pepino em conserva e vodka

  • pepinos - frasco de três litros (o quanto você quiser)
  • água - 1,5 litros (aproximadamente)
  • vodka - 50 ml
  • sal - 4 colheres de sopa (não slides)
  • endro, alho, folhas e outras especiarias - gosto.

1. Pepinos (banhe as pontas cortadas possíveis) de óleo cru despeje água fria resistir a 6 a 24 horas para preencher todas as lacunas. A imersão evita a fermentação e dá a crise.

2. As bancadas são lavadas, esterilizadas a vapor ou aquecidas em um forno.

3. Coloque o frasco nas camadas de especiarias e pepino (a primeira camada deve ficar abaixo das especiarias). Pepinos não devem ser uma marca, caso contrário, não fermentam.

4. Adicione sal a cada jarro, despeje água fria sobre a borda.

5. Cubra com uma tampa (não à prova d'água) e coloque à sombra para fermentar.

6. Após 2-3 dias (quando frio - 6-7 dias) na superfície do filme aparece, isso significa que você pode passar para a dobra.

7. Sem retirar o filme, despeje a salmoura das caixas em um recipiente de esmalte (balde, panela), leve à fervura e retire do fogo.

8. Em cada frasco adicione na pilha de vodka (álcool diluído ou licor destilado), despeje borda quente, frascos esterilizados imediatamente quase com tampas de metal e rolo.

9. Após resfriar à temperatura ambiente, coloque os pickles e a vodka para guardar em um armário ou adega. Prazo de validade - 3-4 anos. A salmoura pode ser usada à sua escolha, com teor de álcool inferior a 1%.



Comentários:

  1. Sataxe

    Eles escreveram lindamente, mas não muito, se não for difícil para você expandir o tópico com mais detalhes em futuras publicações

  2. Hagos

    É claro. Foi comigo também. Vamos discutir esta questão. Aqui ou em PM.

  3. Wanjala

    Essa ideia será útil.

  4. Mazugul

    a mensagem muito útil

  5. Mugrel

    Vamos conversar.



Escreve uma mensagem


Artigo Anterior

Uva Assada, Chevre e Pão Achatado de Mel

Próximo Artigo

Zig a Zig Ahh